quarta-feira, 19 de novembro de 2008

ColdFusion IDE codename Bolt

BOLT1

Seguindo a série de novidades que estão sendo anunciadas no Adobe MAX 2008, surgiu a notícia de uma IDE específica para ColdFusion, baseada no Eclipse (assim como ocorre com o FlexBuilder) chamada por enquanto de BOLT.

Confesso que tinha até mesmo esquecido, que à não muito tempo a Adobe havia feito uma pesquisa em massa, questionando seus usuários/parceiros quanto a aceitação/necessidade de uma solução do tipo.

Hoje utilizo o CFEclipse e algumas vezes recorro ao Dreamweaver, que adicionei novamente ao “cinto de utilidades” depois das novidades presentes na versão CS4.

Cenário atual em relação ao CFEclipse

O CFEclipse justifica-se para mim por me permitir unificar minhas ferramentas de programação em uma única plataforma, o Eclipse, e ser gratuíto. Seus recursos, na minha opinião, não são assim tão fantásticos e pecam bastante em coisas simples como sintax highlight, code completition, document templates e code templates que são recursos extraordinários presentes e disponibilizados pela plataforma Eclipse e muitas vezes ignorados. O FlexBuilder também comete alguns desses pecados, porém recursos como package/inheritance recognition, structure recognition, refactoring e outras caracteristicas ofuscam esses pontos negativos enquanto o CFEclipse não trata nem o básico de uma maneira plenamente satisfatória. Mas tudo bem. É gratuíto, é uma opção, já permite alguma agilidade de longe muito melhor do que um Notepad Plus.

Cenário atual em relação ao Dreamweaver

O Dreamweaver é excelente e de qualidade inquestionável e imbatível quando se trata de trabalhar layout e programação ao mesmo tempo. Peca por não ter recursos ágeis de codificação e nesse ponto meu grau de comparação sempre será os recursos presentes no Eclipse. Na versão CS4 melhorou muito. A questão de integrar-se com Subversion foi para mim o ponto mais alto, seguido pelos recursos de desenvolvimento JavaScript/AJAX e pelas incríveis melhorias de interface e funcionalidade relacionadas a WebStandards.

A proposta do Bolt

Tomando como base o conteúdo da seção no Adobe Labs dedicado ao Bolt, onde aliás os interessados podem inscrever-se ao Beta do mesmo, relaciono os principais recursos e meus comentários a respeito dos mesmos.

  • Auto-configuração de Mapeamento de Objetos Relacionais (ORM): Sendo lançado juntamente com o ColdFusion 9 Centaur, era de se esperar que o Bolt trouxesse um recurso do tipo, senão seria uma falta grave. No post que fiz a respeito do ColdFusion 9 Centaur, há detalhes a respeito desta nova funcionalidade. Ainda não tenho o Bolt em mãos, mas creio eu que a funcionalidade baseie-se indicação do DSN com o qual a aplicação à ser desenvolvida irá trabalhar e a partir disso o Bolt seja capaz de gerar os arquivos de configuração necessários à implementação do recurso no framework do ColdFusion 9
  • Geração de Código: Acredito eu, trata-se de wizards para a criação de objetos, suas propriedades, e métodos, incluindo os getter/setters seguindo as novas especificações do CFML/CFScript também abordadas no post que fiz sobre as novidades do ColdFusion 9
  • Gerenciamento do Servidor: Este recurso deve expor o painel administrativo do ColdFusion diretamente na IDE, eliminando a necessidade de se abrir um navegador para interagir com a mesma.
  • Facilidade de extensibilidade usando recursos exportos pela arquitetura do Eclipse. Sinceramente isso é natural de qualquer recurso baseado no Eclipse, à não ser que a Adobe decida, a exemplo do que ocorre com o Flash, Dreamweaver e etc, definir um framework próprio (API) para promover tal extensibilidade com Javascript por exemplo.
  • Sintax highlight para CFML/CFScript, HTML, Javascript e CSS. É o mínimo #1 que se espera de uma IDE para ColdFusion ou qualquer outra tecnologia semelhante.
  • Code Completition para CFML/CFSCript (tags/palavras-chave), funções, variáveis e componentes. É o mínimo #2.
  • Expansão/Retração de bloco de código. Útil para códigos muito extensos. É um dos recursos básicos da plataforma Eclipse no que se refere à edição de código. Particularmente, eu não sentiria tanta falta disso, mas sei que existem desenvolvedores que não dispensam este recurso simples.
  • Criação e Gerenciamento de blocos de código (snippets). Neste teor, eu só espero que a Adobe não queira reinventar a roda, como ocorreu com o CFEclipse e faça uso dos recursos de Code Templating que o Eclipse oferece e é na minha opinião um dos pontos mais altos no que diz respeito de agilidade de desenvolvimento/produção de código. Espero também que a Adobe preocupe-se em permitir que os templates de novos arquivos sejam editáveis.
  • Visualização estrutural. Janela que apresenta o componente/arquivo de código em questão como uma estrutura, identificando métodos, variáveis, etc. Está aí algo também bem básico para qualquer IDE.
  • RDS Explorer. OK! Obrigado! Mais um básico! Espero só que seja mais útil do que encontrado por exemplo em outros recursos já disponibilizados no Eclipse, um pouco mais próximo do Data Explorer que existe no Dreamweaver.
  • Debugger com recursos de verificação linha-a-linha. Muito útil, bem vindo, já disponibilizado como plugin para o eclipse anteriormente (mas que ainda não utilizei). Acho que não utilizei justamente por ser algo que eu teria que configurar manter de forma independente e que para mim não se justifica muito em uma IDE.

Enfim, se a Adobe conseguir 50% do que se espera, eu acho que já teremos em mãos uma ferramenta extraordinária e sem precedentes quanto ao desenvolvimento ágil com ColdFusion.

Lembre-se que para participar do Beta, você pode candidata-se a partir do link que se encontra na página dedicada ao Bolt no Adobe Labs.

2 comentários:

Pedro Claudio disse...

registra seu feed no mxna.
http://feeds.adobe.com/SubmitFeed.cfm?init=true

Vicente Junior disse...

Incrivel... não consigo registrar e além disso mando emails para mxna@adobe.com e não obtenho resposta!

To tentando...

Se faço o ping, diz que não consta. Se tendo submeter novamente, diz que já está cadastrado...

:S